top of page
Buscar
  • Foto do escritorSimone Komatsu

Dor...

Dor....

Dor física, dor emocional... qualquer que seja ela, é dor!

Dores insuportáveis, suportáveis, uma colicazinha que incomoda, é dor!

A dor cutuca, fica ali lembrando a gente que tem alguma coisa que não tá no lugar certo, algo tá errado.

Uma dor de cabeça pode ter várias causas, tais como, um corpo desidratado, fome, estresse, fadiga crônica, vista ruim ou na pior das hipóteses, um tumor ou um aneurisma..

Tudo é dor!

A intensidade com que cada um de nós sente a dor é individual e intransferível.

As mães sempre dizem que se pudessem transferir a dor dos filhos delas, elas o fariam! E já vi o inverso também, raro mas existe, de filhos dizendo que se pudessem transferir a dor dos pais pra eles, eles o fariam.

Um chute na canela pode doer muito ou pouco, vai depender de como a gente percebe e recebe aquela dor. Se foi proposital, vindo de alguém de quem a gente gosta e achava que havia uma reciprocidade de amizade, aquilo vai doer muito mais emocionalmente do que fisicamente.

Mas se foi brincando, a dor física vai passar em minutos e acabou! Bem, às vezes acontece de ter que engessar, mas vai ser em meio a: pooorra! Chute forte hein!? Precisava tanto!? Não podia ser útil e chutar a bola pro gol?

E as risadas viriam logo em seguida! Porque ali não existe raiva ou rancor. Foi um acidente de verdade, sem querer.

Tomei um chute da minha priminha de 8 anos bem no meu dedo dias desses! Vi estrelas, passeei pelos planetas, visitei o Pequeno Príncipe e voltei pra Terra em meio a dor! PQP, doeu muito! Mas eu sei que foi sem querer, afinal a gente estava brincando.

A dor é única! Importante, eu diria, é reconhecê-la e descobrir de onde ela vem? Muitas vezes são dores de coisas do passado que a gente ACHA que já zerou. Mas a gente só acha mesmo, porque ela continua ali escondida e por ora ela teima em aparecer e gritar: EU TÔ AQUIIIIIII! LERO, LERO!

E é o que uma grande maioria faz! Mas por que que isso acontece? Nosso poder de "guardar" sentimentos como se eles fossem preciosos é tão forte assim?

Sinceramente eu não sei!


As pessoas tem estado tão infelizes, tão amargas e eu não tô falando de quem tá na pindaíba, eu falo de quem tem tudo! Que conseguiu conquistar tudo que tem e ser quem é trabalhando, sem precisar nada de ninguém! E eu super aplaudo essas pessoas.

E dentro desse nicho de pessoas, grande parte vive numa reclamação sem fim, todo santo dia, sobre a mesma coisa!


Só que essa é a dor delas! E sobre essa dor, infelizmente a gente pode fazer é nada porque a intensidade com que elas sentem disso não é a mesma da nossa em meio a uma situação similar.

Uns tiram de letra, outros não.


Existem casos de reclamações que viraram hábitos! Então, se virou hábito, todo dia vai ser aquilo!

"Você tá dizendo então que reclamar é dor?"


Não necessariamente.. talvez a reclamação seja a maneira de aliviar a dor, mas se a gente não descobrir a causa dela, certamente a reclamação vai continuar sendo uma constante.


Escrever me tira a dor... e pra você? O que faz tirar a sua dor?


Beijoca


38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page