top of page
Buscar
  • Foto do escritorSimone Komatsu

Crenças

Já percebeu quantas crenças a gente carrega e não se dá conta de que tem tantas assim?

Pra não perder o costume, vou colocar aqui o significado de crença.



Segundo meu grande amigo Michaelis.....:

crença

cren·ça


sf

1 Ato ou efeito de crer.

2 Conjunto de ideias religiosas compartilhadas por muitas pessoas; fé religiosa; convicção, credo.

3 Pensamento que se acredita ser verdadeiro ou seguro; certeza, confiança, segurança: Tenho a crença de que esses problemas serão resolvidos em breve.

4 Convicção sobre a verdade de alguma afirmação ou sobre a realidade de algum ser, coisa ou fenômeno, especialmente quando não há provas conclusivas ou confirmação racional daquilo em que se acredita: Crença no sobrenatural. Tem uma crença inabalável em cartomantes.

5 Conjunto de princípios ou doutrinas religiosas ou místicas que têm valor de verdade para seus seguidores (uso mais comum no plural): Crenças secretas. Crenças cabalísticas.

6 O objeto de uma crença: O dinheiro era a sua verdadeira crença. Tinha no avô seu modelo de integridade, sua crença.


As crenças de que falo aqui, são aqueles pensamentos e ideias que a gente CRÊ serem verdadeiras, que a gente ouviu um dia na vida da gente e que acabou virando "verdade"...

Mas será que é verdade mesmo? Será que continuar com a tal crença vai ser benéfico pra gente?

Tenho andado pensativa já há alguns dias. Já falei isso em alguns textos anteriores... ahahahah aí quando consigo formular o que quero escrever, o tema aparece e a bola da vez foi sobre a crença.

Por muito tempo, eu acreditei que eu era incapaz. Incapaz de SER alguém na vida, incapaz de fazer alguma coisa importante, incapaz de falar em público... enfim, incapaz de qualquer coisa. Uma crença totalmente limitante que, com certeza, deve ter me freado em várias oportunidades: sou incapaz de conseguir trabalhar nessa empresa! Não vou nem enviar meu CV.



Tinha a crença também de que eu nunca precisaria da ajuda de ninguém porque eu me achava auto suficiente. Só que.... sozinhos não fazemos nada! Não crescemos, não evoluímos e não aprendemos. Mas isso não significa que somos incapazes, apenas limitamos o nosso poder de ir além e conseguir atingir o que almejamos. E se eu me limito a mim mesma, não atinjo o meu objetivo e fico frustrada.

Ainda tem a crença sobre relacionamentos. Ficar junto de alguém todos os dias enche o saco, enjoa, cansa... (ainda tento lidar com isso tá ahahhhah ) então é melhor trocar sempre.

Parte dessa crença ainda segue firme que é o caso da primeira parte, mas a segunda parte de trocar sempre... ahhh mudei viu.. porque deve cansar do mesmo jeito mas no sentido de troca troca sabe, não criar um vínculo afetivo concreto e parecer um pedaço de carne que passa de açougue em açougue. Não desejo isso pra mim não. Hoje penso que é melhor ficar em um açougue só ahauhauhauhauhauahh mas não 24h por dia!

A crença de que nunca vai enriquecer também existe fortemente por aí. Atualmente mais ainda devido ao turbilhão de coisas que aconteceram na nossa economia e também por falta de organização e planejamento financeiro (GUILTY!!!). Achava que guardar 10 reais por dia era besteira, mas de 10 em 10 vai até o Estado ao lado de onde a gente mora.


Crenças que nos limitam devem ser quebradas. O que foi aprendido na sua vida lá atrás pode estar obsoleto e a gente continua só sobrevivendo.


Qual é a crença que te limita? O que te impede de quebrá-la?


Beijoca

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page