top of page
Buscar
  • Foto do escritorSimone Komatsu

Novos Hábitos

Hello, hello!!! Como você está?

Esse frio dá uma fominha, né?

E por falar em fome.....

Como vai a sua alimentação? iFood imperando? Comidinha caseira da sua cozinha feita pelas suas mãos e aquele temperinho boooom? hummmm! Ou qualquer coisa que é comestível e que vive dentro do armário serve?


“Xiiii, lá vem a nutricionista xaropeta cortar o barato da gente para falar de alimentação saudável.. AAArgh”



Calma, calma.. Não é isso não… . Sem pânico hehheheh!


Todos nós temos momentos de… digamos… descontração alimentar (ai, gente… um dia ainda vou criar um dicionário do meu linguajar próprio ahahahah) Aqueles momentos que a gente não quer chegar perto do fogão e não quer comer comida de verdade. Isso é totalmente normal!! E é super humano que isso aconteça.

O que eu percebo que acontece demais e faz um mal danado é se fartar à mesa e depois dizer: não deveria ter feito isso, não deveria ter comido aquilo, não isso, não aquilo outro… isso sim faz um mal tremendo!!!! Aí parece que o estômago fica maior ainda, que o corpo inteiro começa a inchar e inflar e aquela sensação de que vai explodir!!



E a culpa??? Nossa!! Não se culpe!! Pelamor!! Foi apenas um deslize que pode ser consertado! Não é nada digno de pena de morte ou punição pelo resto da semana, do mês, do ano! Volte pra sua rotina alimentar, sem exageros e sem estresse.


Existem duas formas de encarar o 'téte-a- téte' com a comida…

A primeira é essa que eu escrevi acima, de ficar se culpando, se punindo, se achando a pior pessoa do mundo e começar a odiar tudo aquilo que você acabou de empurrar pra dentro do seu corpitcho!

E a outra é pensar que se divertiu enquanto comia e saboreou aquilo com o maior amor do mundo! Amor por você!



Na primeira situação, o mundo cai, o chão some, bate o desespero e o sentimento de ser a pior pessoa do mundo. Pessoal, posso garantir pra vocês que esse peso pesa na balança!! Palavra de quem passou por isso!!! Aí a coisa só vai piorando e acabamos largado de mão os nossos progressos.

Na segunda situação, a consciência continua leve, tranquila, feliz e consciente de que o que aconteceu foi por puro prazer, por amor a si mesmo e que não foi por recompensa ou prêmio. Foi porque sentiu vontade que veio de láaaaa do fuuundo do estômago! E que desde o cheiro até a primeira mordida, a alegria foi intensa, do começo ao fim. Sem culpa, sem punição, sem se achar um nada.


Não vou fantasiar dizendo que é muito fácil pensar como na segunda situação, mas eu te garanto que com treino e auto estima boa, as coisas vão mudando e acontecendo e quando a gente menos espera já faz isso automaticamente. Isso leva um certo tempo, afinal, falamos aqui da criação de novos hábitos e mudar... bem... mudar sempre parece que é o caos!

Tá.. vai! Não parece!




É literalmente O caos!!







Hahahaha mas vamos pensar… é igual quando a gente arruma o guarda roupas! Tiramos tudo na maior facilidade mas na hora de guardar de volta… viiiiiiixe, que zooona! E tira as roupas de novo.. E tentamos colocar tudo de novo.. Mas na grande maioria das vezes, não tem como!

Tá vendo? É assim.. Caos instalado! Ahahahah Mas isso não significa que o caos se instale pra sempre. É só ajustar as coisas e saber o que fica e o que vai! E criar o hábito de quando adquirir algo novo, retirar algo velho! Até arrumar o guarda roupa é lição! E a tarefa que continua é criar o hábito de alguma coisa!

Quantas e quantas vezes você já se puniu porque comeu um pedacinho de chocolate? Ou comeu uma colherada de brigadeiro? Ou na TPM comeu uma fatia de bolo recheado com suspiro e merengue e com cobertura de ganache? Se você sentiu prazer e ficou com a consciência tranquila, maravilhaaaaaa!!!

Mas se comeu e ficou se punindo, opa!! Alerta vermelho neon piscando!!! Talvez o motivo pelo qual você comeu o chocolate ou o bolo tenha sido algo que mexeu emocionalmente com você de maneira tal e que precisava sentir algum conforto. Mas que, infelizmente, o conforto durou somente 5 minutos ou menos.

Nesses casos, que tal procurar ajuda profissional de uma nutricionista e de uma psicóloga? O trabalho multiprofissional seria muito bom para ajustar sua vida e colocar suas emoções e sentimentos em ordem. Sem contar na alimentação que é uma P#%@ aliada para diminuir dores, depressão, fadiga, desânimo, entre outros.



Escorregões e deslizes todos temos. Mas ao darmos mais atenção a

eles, nosso mundo parece se tornar um landslide… como fala isso em português mesmo…? Ah! Deslizamento de terra em dias muito chuvosos.

Vamos criar o hábito de nos elogiarmos, de nos parabenizarmos, de olhar para nossos olhos na frente do espelho e dizer: Pooooorra!! Você é especial!!! PHodástica(o)!!!


De alguma maneira, somos todos (as) especiais!! Cada qual com o seu dom e a sua alma!


Beijos!!

41 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Faila S. Adachi
Faila S. Adachi
May 23, 2022

Adorei o texto! 🥰😘😘

Like
bottom of page