top of page
Buscar
  • Foto do escritorSimone Komatsu

Pedidos (aparentemente) irrealizáveis? Depende.. da gente!

Oiê! Tudo bem?

Por aqui tá tudo bem!

Tá tão bem que, como uma boa pessoa dramática e desconfiada, fica aquele pezinho (pezinho mesmo, eu calço 34! ahahahh) achando que tô num mundo paralelo e, quando eu voltar pra realidade, vai estar do jeito que sempre foi.

Não, não tô reclamando da minha vida, pelo contrário, ela segue muito bem, obrigada! ;) Sempre dá pra melhorar, mas ela não tá ruim! Os perrengues existem mas, a gente dá um jeito de juntar os pontos e (tentar) corrigi-los!

Mas sabe, tenho pensado nos últimos dias, que nossos pedidos podem mesmo se tornar reais (mesmo que seja a galope ou vindo de uma jangada feita com garrafa pet ahahah). Já falei de destino aqui, de sonhos e várias outras coisas que talvez se repitam nesse texto. Só que no final, eu sempre deixava uma pergunta pra você e que eu também precisava de uma resposta.

E era difícil responder as minhas próprias perguntas. Que ironia, né? hahahha


Aí, pensando e pensando, o mental trabalhando mais do que britadeira em asfalto com várias camadas, cheguei aqui numa resposta (que se encaixa na minha vida, tá?) que talvez sonhos, desejos e pedidos que a gente tem e faz de coração, eles podem sim se tornarem reais.

Quando é da boca pra fora, só pra falar por falar, fica no ar e o vento pode não levar pra onde precisa ir, e talvez chegue um furacão e fica rodando ali no olho e caia no mesmo lugar


As coisas acontecem inesperadamente, sem a gente perceber que tá acontecendo e quando a gente se dá conta, pensa: Caraca! Eu sempre quis isso pra minha vida!


Confesso que algumas coisas eu pedia e sonhava por elas porque achava impossível acontecer e eu continuaria acomodada e sem precisar mover uma palha pra mudança de nada.

Aí vem o destino e PÁ! na fuça! Bem dado ainda! E sabe? Aceitar o que foi pedido está sendo dado, é muito melhor do que ficar parada!

Assustador? É sim!

Dá cagaço? Pra car@l&o!


Mas é delicinha! Um misto de PQP com um calorzinho que aquece a alma, sabe? E quando a alma é aquecida, a gente se sente tão mais leve e mais poderosa, porque vem de lá de dentro daquela caixa que a gente fechou um dia, sem esperar nada de legal pra gente, mesmo sonhando e sonhando (só que sem fazer absolutamente nada!). E reclamando!!!!


Tantas coisas e situações que a gente passa na vida, e nem se dá conta dos aprendizados que elas nos trazem. Passa tudo batido! Ou a gente finge que nem tá vendo e nem é com a gente. Porque virar adulta/o, crescer e ter maturidade dá trabalho e traz muito mais responsabilidades.

E as responsabilidades as quais a gente precisa enxergar a nós mesmas/os, profundamente, e resgatar o que a gente enterrou e fez de conta que jogou a chave do cadeado, são aquelas que mais doem porque, a princípio, a gente não sabe lidar com elas e muito menos sabe por onde começar a lidar com elas.

O que eu entendi e aprendi ao abrir a minha caixa de Pandora?

Aprendi que do tempo e do destino a gente não escapa. Por mais que a gente tente fugir, um dia a gente se depara com tudo e precisa escolher: ficar do jeito que tá ou dar um passo pra frente e enfrentar.

E chega uma hora que cansa muito ficar do jeito que tá. Logo, a escolha é dar um passo firme e forte pra gente e ir pra cima.


"Tá... mas.... E SE não der bom?"


SE não der bom, recomece! A caixa tá aberta! Os sonhos e desejos estão ali! A gente detém da chave, vai escolher trancar de novo ou vai fuçar a caixa e resgatar suas vontades reais?

Já parou pra pensar que o "E SE" trava a gente?

Ao tomar gosto pelas sensações que a caixa aberta libera, fica difícil voltar ao que era, do jeito que estava. O anseio por mais só cresce e a gente quer mais, sempre mais, dessa sensação que envolve o corpo e a mente.

Sensações essas que, a princípio, parecem desconhecidas mas, se a gente parar pra pensar, são as nossas próprias sensações que ficaram trancadas e sentidas muito pouco ou, talvez nada.


Continuo desconfiada sim, isso não mudou hahahaahahahhh. Mas a sensação de que tudo vai começar a dar muito certo, ahhhh essa sensação eu quero pra sempre! E eu quero viver dessa sensação! Sentir o melhor que eu puder e da melhor maneira possível!

Porque, pedidos podem parecer irrealizáveis mas, e se existir a auto-sabotagem, pensando fortemente pra não existir o que é pedido, a gente sempre vai voltar pra estaca zero!

Mas sempre existem "tiros no pé" que não doem! Nos surpreendem! E a gente sai ganhando!

Que seus pedidos, totalmente realizáveis, te trolem e aconteçam do jeito que deve ser e sem dar tempo pra você se auto-sabotar!


Beijoca!


Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Zuleide Luz
Zuleide Luz
Jun 12

Isso e muito real, crescer dói, a responsabilidade de crescer assusta mas ha sempre conspiração pra evoluir.

Like
Simone Komatsu
Simone Komatsu
Jun 12
Replying to

Seeempre!!!

Like
bottom of page